Oficinas

Nas manhãs de quinta-feira, os responsáveis e cuidadores dos jovens e adultos autistas e psicóticos  participantes do Projeto Circulando, atravessam os jardins da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO, em direção às Oficinas de Teatro do Projeto.
 

Ateliê de Artes

A metodologia é pautada na utilização lúdica de objetos reciclados, na sensibilização musical, na percepção corporal, na dança, nas artes visuais, em jogos teatrais e brincadeiras, que operam como mediadores na comunicação com os autistas e psicóticos. E reverberam na criação de microcenas, performances, contação de histórias e momentos de improvisos instantâneos, buscando desenvolver o aspecto cognitivo, expressivo, afetivo e social dos alunos envolvidos (autistas, psicóticos, clínicos e discentes em Artes Cênicas e Música).

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/52

Grupo de Responsáveis e Cuidadores

Como direção de trabalho, foi articulado um grupo para ocupar-se desses responsáveis e cuidadores durante o tempo da oficina dos autistas,  participantes de um grupo formado para e por mães, um pai e uma cuidadora.Os Ateliês, através do desenvolvimento da percepção corporal, dos jogos, exercícios e brincadeiras teatrais, passeando também por outras linguagens artísticas, como a música e as artes plásticas, buscam em um primeiro momento, sensibilizar, aumentar a autoestima e ampliar a expressividade. Mas, para além destes propósitos, os Ateliês de Teatro do Projeto Circulando  tem como objetivo maior, fazer com que estas pessoas consigam se perceber como sujeitos, como homens e mulheres, para além de sua relação tão particular de pais, mães e parentes destes jovens e adultos com transtornos mentais.Dentro do Projeto Circulando, as atividades direcionadas aos responsáveis cuidadores se mostra de fundamental importância também para efeitos de tratamento dos entes autistas e psicóticos.”

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/14

Reuniões e Supervisões

Reunião semanal dos oficineires ao término de cada oficina, para relato e reflexão da prática.
Reuniões semanais junto a equipe de psicologia e as supervisoras do projeto da UFRJ, sob a coordenação do Prof. Dr. Fabio Malcher e Profa. Dra. Ana Beatriz Freire e Kátia Alvarez e Grupo de Estudos junto a equipe de Teatro, sob coordenação da Profa. Dra. Joana Ribeiro e e Prof. Adriana Bonffatti.

 escrita de relatórios individuais de acompanhamento – tópicos: descrição dos participantes, propostas/metodologias artístico-pedagógicas desenvolvidas, relato do ocorrido, observações, eventuais impasses e soluções encontradas, análise de movimentos e gestos repetitivos, improvisações, jogos e brincadeiras inventadas, cenas e performances realizadas, músicas e repertórios cênicos do projeto

Reunião dos Oficineiros
Reunião dos Oficineiros

press to zoom
Reunião dos Oficineiros
Reunião dos Oficineiros

press to zoom
Aulas Psicanálise
Aulas Psicanálise

press to zoom
Reunião dos Oficineiros
Reunião dos Oficineiros

press to zoom
1/6

Eventos Comemorativos

Imagem2
Imagem2

press to zoom
Imagem1
Imagem1

press to zoom
Festa Junina
Festa Junina

press to zoom
Imagem2
Imagem2

press to zoom
1/35